A CORTIÇA

A Cortiça é uma matéria prima 100% natural, 100% reciclável e 100% renovável.

A sua árvore mãe é o sobreiro, fazendo a cortiça a função de revestimento (casca) do mesmo.

 

A Cortiça é uma matéria prima 100% natural, 100% reciclável e 100% renovável.
A sua árvore mãe é o sobreiro, fazendo a cortiça a função de revestimento (casca) do mesmo.

Com a cortiça pode-se produzir uma infinidade de produtos, desde os tradicionais, como as rolhas de cortiça natural para se vedar as garrafas de vinho, espumantes, champanhe, conhaque, aos mais inovadores e inesperados, como a vestuário, mobiliário e até a aplicação no fabrico de aviões.

O principal produto continua a ser a rolha natural, pois é sem dúvida a que se destaca mais na aplicação da cortiça. É este produto que mantém o valor da comercialização da cortiça, contudo nem toda a cortiça têm os requisitos necessários para se transformar numa rolha para servir de vedante natural.

Portugal é o maior produtor de cortiça, tendo a maior produção mundial de cortiça.

F.A.Q.

A cortiça é a casca do Sobreiro (Quercus Suber). Sendo um material de origem vegetal pertencente aos sobreiros, pode ser encontrada em diversas partes do mundo, principalmente na bacia do Mediterrâneo Ocidental.
O montado de Sobro ocupa cerca de 23% da área florestal portuguesa (cerca de 7.400 km2).

Portugal representa 50% da produção mundial de cortiça e 60% das exportações. Em 2019 extraíram-se cerca de 4 milhões de arrobas de cortiça em Portugal (correspondentes a 60 milhões de kg).

Depois de descortiçado (tirada a cortiça), um sobreiro retém em média 5X mais CO2 que outro por descortiçar, ajudando assim a reduzir (maioritariamente até níveis negativos) o impacto de CO2 para o meio ambiente.

A cortiça é a casca do Sobreiro (Quercus Suber). Sendo um material de origem vegetal pertencente aos sobreiros, pode ser encontrada em diversas partes do mundo, principalmente na bacia do Mediterrâneo Ocidental.
O montado de Sobro ocupa cerca de 23% da área florestal portuguesa (cerca de 7.400 km2).

Portugal representa 50% da produção mundial de cortiça e 60% das exportações. Em 2019 extraíram-se cerca de 4 milhões de arrobas de cortiça em Portugal (correspondentes a 60 milhões de kg).

Depois de descortiçado (tirada a cortiça), um sobreiro retém em média 5X mais CO2 que outro por descortiçar, ajudando assim a reduzir (maioritariamente até níveis negativos) o impacto de CO2 para o meio ambiente.

QUER SABER MAIS?

Contacte-nos para ter mais informações sobre os nossos produtos